sexta-feira, 16 de julho de 2010

- dar um tempo


Agora são 6horas da manhã e hoje eu vi o sol nascer. Eu não sei por que, mais não queria dormir! Talvez porque eu esteja perto de ir embora e não queira desperdiçar o meu tempo com as minhas lágrimas molhando o travesseiro. Mas não importa.
Às vezes temos que abrir mão de algumas coisas para seguir o que o nosso coração quer, mesmo sabendo que isso magoara muitas pessoas. Hoje o meu coração pediu pra mim ir embora, e talvez eu vá. Não faz sentido continuar em meio às cobras quando não se tem um motivo obvio pra isso.
Dar um tempo das pessoas que te magoam e te fazem chorar talvez seja a solução que eu tanto esperava. Deixar pra trás os amigos, aqueles amigos por quem você já abriu mão de tantas coisas; mas, do que eles já abriram mão por você? Eu sei, talvez eu esteja sendo injusta; não faz sentido continuar quando só você sai perdendo. Eu abri mão da única coisa que eu mais amei nesses últimos dias e o que eu ganhei com isso? Ultimamente não tenho ganhado nada pelas coisas que eu ando fazendo, e eu cansei disso.
Eu não nasci aos 15 anos, e nada nunca mudou na minha vida. As pessoas continuam as mesmas e é tarde demais pra elas tentarem mudar agora. Eu mudei e elas não notaram; não quero que elas mudem, não comigo. Vai ser sempre assim, entre meio as lágrimas e os textos eu vou vivendo empurrada nesse mundo onde nada me agrada!
Talvez esteja mesmo na hora de dar um tempo, abandonar os amigos, as pessoas que você gosta e as que odeia, os irmãos que você conheceu e todos aqueles que mais te marcaram; ir pro lado de quem amamos e de quem realmente nos fazem bem. Talvez esteja na hora de seguir meu coração, mesmo sabendo que ele pode não estar batendo da maneira correta.

2 Pessoas invadiram meus sonhos.:

~Marcelo Henriq®~ disse...

O.o .:o, fiino dms esse, *--------------------*.
maai legal, gostei msm. " Talvez esteja na hora de seguir meu coração, mesmo sabendo que ele pode não estar batendo da maneira correta. ", muito bem escrito! Parabens *-*

sabriina ' disse...

obg *-*

Postar um comentário